Sexta-feira, 21 de Dezembro de 2007

Mensagem

Abrindo a porta

"Numa terra em guerra, havia um rei que causava espanto.
Cada vez que fazia prisioneiros, não os matava, levava-os
a uma sala, que tinha um grupo de arqueiros em um canto
e uma imensa porta de ferro do outro, a qual haviam gravadas figuras de caveiras.

Nesta sala ele os fazia ficar em círculo, e então dizia:

- vocês podem escolher morrer flechados por meus
arqueiros, ou passarem por aquela porta e por mim lá
serem trancados.
Todos os que por ali passaram, escolhiam serem mortos
pelos arqueiros.

Ao término da guerra, um soldado que por muito tempo
servira o rei, disse-lhe:

Senhor, posso lhe fazer uma pergunta?

- Diga, soldado.
- O que havia por trás da assustadora porta?
- Vá e veja.

O soldado então a abre vagarosamente, e percebe que a
medida que o faz,
raios de sol vão adentrando e clareando o ambiente, ate
que totalmente aberta, nota que a porta levava a um caminho que sairia rumo a liberdade.
O soldado admirado apenas olha seu rei que diz:

Eu dava a eles a escolha, mas preferiram morrer a arriscar
abrir esta porta.

Quantas portas deixamos de abrir pelo medo de arriscar?
Quantas vezes perdemos a liberdade, apenas por sentirmos
medo de abrir a porta de nossos sonhos?"

publicado por zema_producao às 00:33
link do post | comentar | favorito
|

..

Prepare-se para investir seu primeiro milhão e cem!

.Cursos 24 Horas

.Rádio Alfa

.pesquisar

 

.Junho 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.Cursos 24 Horas

.arquivos

. Junho 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Outubro 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

.tags

. todas as tags

.links

.O Tempo

O tempo
Primeiro veja a animação... Depois leia o texto.


O Tempo

D+ né? Não precisa mesmo de palavras...


Tudo tem a sua ocasião própria, e há tempo para todo propósito debaixo do céu.
Há tempo de nascer, e tempo de morrer; tempo de plantar, e tempo de arrancar o que se plantou;
Há tempo de adoecer, e tempo de curar; tempo de derrubar, e tempo de edificar;
Há tempo de chorar, e tempo de rir; tempo de prantear, e tempo de dançar;
Há tempo de espalhar pedras, e tempo de ajuntá-las; tempo de abraçar, e tempo de abster-se de abraçar;
Há tempo de buscar, e tempo de perder; tempo de guardar, e tempo de jogar fora;
Há tempo de rasgar, e tempo de coser; tempo de estar calado, e tempo de falar;
Há tempo de amar, e tempo de odiar; tempo de guerra, e tempo de paz.

'O valor das coisas não está no tempo que elas duram, mas na intensidade com que acontecem.
Por isso existem momentos inesquecíveis, coisas inexplicáveis e pessoas incomparáveis.'

.Visita

online

.posts recentes

. LIMPANDO O CORAÇÃO

. Há momentos em nossa vid...

. Os benefícios do do-in

. Vendo Fantasmas

. Tentamos tomar o lugar de...

. O Telefone

. Movendo o sofá!!!

. Paz

. A Última Trombreta

. Pensamento

.arquivos

. Junho 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Outubro 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

Escolha na lista abaixo a música que prefere ouvir e depois clique em TOCAR :

blogs SAPO

.subscrever feeds